Angelina Jolie acusa Brad Pitt de não pagar pensão dos filhos

O longo processo de separação de um dos casais mais badalados de Hollywood ganhou mais um capítulo ontem (7). A advogada de Angelina Jolie alegou que Brad Pitt ainda não pagou nenhum valor “significativo” durante o divórcio dos dois.

“[Pitt] tem o dever de pagar a pensão. Até agora, ele não pagou nenhum valor significativo desde a separação”, acusou Samantha Bley DeJean, que representa a atriz no caso, em documento apresentado à Corte Superior de Los Angeles e obtido pela NBC News.

Samantha defendeu ainda que Angelina tem a intenção de entrar com uma ordem judicial para regularizar a situação, inclusive com teor retroativo. A Corte não definiu o que entende por contribuição “significativa”.

O ator, entretanto, nega a acusação. Segundo o site TMZ, Pitt já pagou milhões de dólares (não especificado) aos filhos desde a separação, mais do que ficou acordado informalmente entre o casal.

“Brangelina” – como eram apelidados pelos fãs – iniciaram o processo de divórcio em setembro de 2016, após Angelina relatar diferenças irreconciliáveis com Brad. Os dois são pais de seis filhos: Maddox (16 anos); Pax (14); Zahara (13); Shiloh (12); e dos gêmeos Vivienne e Knox (10).

por Metro1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*