Encontro de Motociclistas reúne amantes de motos em Feira de Santana

Aconteceu até este domingo (4), em Feira de Santana, o 9º Encontro Nacional de Motociclistas. Realizado na Lagoa Grande, na Avenida Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno), o evento reuniu motociclistas de vários estados do país e expõe diversos modelos de motos.

Sem dúvida a grande atração foi a motocicleta Suzuki Hayabusa, uma Hyper Sport, que possui um motor de 1.340cc e atinge 150 metros em apenas três segundos. Segundo Luiz Santana, organizador do evento, essa moto é uma das mais velozes do mundo, chega a 330 km/h.

O evento foi aberto ao público, mediante a entrega de um quilos de alimento. Além, da exposição das motos, houve uma mega feira do setor, com vendas de peças, acessórios e veículos. Segundo Luiz Santana, os comerciantes vieram de estados como Parará, São Paulo, Pernambuco, Minas Gerais e Alagoas. Ele destacou que o encontro movimenta a economia da cidade.

“Vários comerciantes de outros estados vieram para cá para expor seus equipamentos para serem comercializados. “O evento começou na quinta-feira e é grande o número de pessoas que já passaram por aqui. Este é um dos maiores eventos da cidade, que atrai pessoas de outros estados e lotam hotéis, bares e restaurantes. Só quem ganha é Feira de Santana. Os comerciantes estão satisfeitos e Feira de Santana, que é uma cidade com comércio forte, tem um grande potencial turístico neste setor, e nós estamos fazendo esta movimentação. São esperadas cerca de 15 mil pessoas”, disse o organizador ao Acorda Cidade.

Luís Santana informou que o encontro era realizado na Praça do Fórum, porém o local ficou pequeno e foi transferido ano passado para o Parque de Exposições e neste ano está sendo realizando no Parque da Lagoa, que também tem um espaço grande e atende melhor aos critérios da organização do evento.

“A Praça do Fórum ficou pequena por causa da quantidade de motocicletas. A cada ano o evento vai crescendo. Ano passado foi realizado no Parque de Exposições. O evento durou cinco dias, e por lá passaram 55 mil pessoas, mas mudamos aqui para a Lagoa Grande, porque o Parque de Exposições não atendia a todos os pré-requisitos para um evento como este. A Lagoa Grande é um local muito bonito, e ainda pouco explorado, possui uma paisagem bela e tem um espaço exorbitante”, afirmou.

Luís destacou que os alimentos arrecadados durante o evento serão doados para pessoas carentes e instituições. “No ano passado coletamos 15 mil quilos de alimento, doamos para 27 instituições filantrópicas e fizemos 600 cestas básicas para pessoas de bairros carentes”.

por Acorda Cidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*