Engenheiros interditaram o Tiro de Guerra de Jequié por causa de risco de desabamento

O Tiro de Guerra 06-009, em Jequié, foi parcialmente interditado por oferecer riscos em sua estrutura física. As atividades militares foram suspensas por oferecer riscos aos atiradores. O BJM conversou com um ex atirador que se disse decepcionado ao ver o Tiro de Guerra em ruinas. “O tiro de guerra é do exército porém na esfera municipal, a prefeitura é a responsável, falo por mim e por muitos atiradores e ex atiradores, que o tiro de guerra é um formador de caráter, escola de civismo e cidadania, e alguma providência deve ser tomada,” disse o atirador.

O BJM procurou o comandante do TG, Subtenente Flamarion, disse que as atividades estão suspensas e foi emitido um laudo por engenheiros que recomenda a interdição do TG. Os atiradores só vão ao TG às quintas feiras e mesmo assim, com restrição de acesso as instalações. O laudo que condena as instalações foi emitido por engenheiros da Prefeitura de Jequié. Providências já estão sendo tomadas junto ao Exército e a Prefeitura para resolver o problema.

por Blog do Júnior Mascote

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*