Jequié: Caminhoneiro que morreu na BR 330 é identificado através da arcada dentária

O Departamento de Polícia Técnica identificou e liberou o corpo do caminhoneiro que morreu carbonizado após acidente na BR 330 oeste, trecho entre Jequié e Maracás. O acidente aconteceu na última quinta-feira a cerca de 14 km depois de Jequié. Walk Ênio de Oliveira Almeida estava dirigindo uma carreta tanque, ele era natural da cidade de Poções, o condutor da moto, que não teve o nome revelado também morreu. A identificação de Walk só foi possível através do exame de arcada dentária já que o corpo foi totalmente carbonizado.

por Blog do Júnior Mascote

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*