Justiça derruba liminar que suspendeu licitação do STF de compra de lagostas e vinhos

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) derrubou a liminar da juíza do Distrito Federal, Solange Salgado, que suspendeu a compra de R$ 1,13 milhão do Supremo Tribunal Federal (STF) para um menu de “luxo desnecessário”. A informação é do Jota.

O cardápio incluia medalhões de lagosta e vinhos importados com premiação internacional a serem servidos aos integrantes da Corte e convidados.

A compra também havia sido alvo do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com recurso para garantir a licitação.

por Metro1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*