MP instaura procedimento preparatório de inquérito contra Embasa, em Feira de Santana

O Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) instaurou procedimento preparatório de inquérito civil contra a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), em Feira de Santana, após representação do vereador Edvaldo Lima (PP).

O MPBA vai investigar a falha na prestação dos serviços da Embasa, devido as vários relatos de interrupções frequentes no abastecimento de água no município de Feira de Santana. A apuração será realizada pela 16ª Promotoria de Justiça.

Na representação, o vereador solicita que o MP ingresse com ação civil pública para que a Embasa normalize o fornecimento de água em Feira de Santana no prazo de 72 horas.

A ação ainda diz respeito às cobranças indevidas. Quando se encaminha os boletos para pagamento mesmo sem efetivo fornecimento de água. O vereador Edvaldo Lima solicita na ação que a empresa se abstenha de fazer cobrança no período em que se constante que houve problemas no abastecimento.

por Acorda Cidade

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*