NTE-17 interdita CEJDS por tempo indeterminado em Heliópolis

O Núcleo Territorial de Educação fez visita ao Colégio Estadual José Dantas de Souza nesta terça-feira (12) para avaliar os danos ocorridos no telhado do pátio da escola. O engenheiro encarregado da vistoria, Pedro Ivo Purificação, analisou todos os danos e percebeu necessidade de reparos urgentes no telhado. A tesoura que sustenta toda cobertura se rompeu numa das bases de apoio e a cumeeira cedeu cerca de 30 centímetros. Além do pátio, o problema pode afetar a secretaria da escola, a sala da vice-direção, a cozinha e os banheiros dos alunos.

Para evitar maiores problema, o Coordenador do NTE-17 de Ribeira do Pombal, professor Francisco de Assis César, solicitou à direção do CEJDS que não iniciasse as aulas dia 18, até que a Secretaria de Educação possa solucionar o problema. O engenheiro Pedro Ivo não quis estabelecer um prazo, mas disse que o serviço não duraria mais que uma semana. A demora seria a parte documental e a chegada da empresa responsável pela restauração do telhado.

A direção do CEJDS lamentou o fato porque seria o primeiro ano, de tantos, que a escola terminaria suas atividades antes do Natal, e sem sábados letivos. Mesmo que os reparos sejam rápidos, as aulas ficarão até o final de dezembro e os dias letivos de sábado dependerão do tempo que durará a obra de restauração. Houve a tentativa de alugar banheiros químicos e iniciar as aulas dia 18, mas não encontraram uma solução para a cozinha. Assim, a direção do colégio informa que não há data determinada para o início das aulas.

Além do Coordenador Regional do NTE-17, professor Francisco de Assis, e do engenheiro Pedro Ivo Purificação, fizeram parte da comitiva do núcleo Ana Cristina Nascimento, Maria de Fátima Carneiro Macedo (Fafá) e Lorena Dantas Brito de Santana. Eles foram recepcionados pelo presidente do Grêmio Estudantil, Fabiano Gama, pelos professores Alan Viana e Landisvalth Lima.

por Landisvalth Blog

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*