Poções: Câmara segue parecer do TCM e rejeita contas de 2016 do ex-prefeito Otto Magalhães

A Câmara Municipal decidiu, em votação nesta última segunda-feira (24), pela rejeição das contas referentes ao exercício de 2016 da gestão do ex-prefeito de Poções, Otto Wagner Magalhães. Na votação, 8 vereadores se declararam contra o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), enquanto 5 vereadores foram a favor do parecer. Otto precisava de 9 votos para ter as contas aprovadas. Porem, as expectativas do ex prefeito caiu por terra quando saiu o resultado da votação.

Com mais essa conta rejeitada pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e pela câmara de vereadores, o ex prefeito Otto se torna mais uma vez inelegível, sendo enquadrado na Lei da ficha por ter três contas rejeitadas, sendo que a as contas referende ao exercício 2014 está sub judice aguardando decisão. Com esse atual cenário político o ex prefeito fica impossibilitado de torna-se candidato novamente nas eleições 2020.

por Portal Poções

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*