Em ato simbólico, prefeitura planta mudas de árvores em nascente do bairro Gabriela

O plantio de mudas de árvores na nascente Fonte dos Milagres, no bairro Gabriela, marcou a participação de Feira de Santana na Rede Internacional de Plantio Global, na manhã deste domingo, 19. A iniciativa foi realizada simultaneamente em várias cidades do mundo.

O ato simbólico foi conduzido pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, que esteve acompanhado pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Sérgio Carneiro, e pelo vereador Roberto Tourinho. A iniciativa também contou com a participação da Secretaria de Serviços Públicos, e outros segmentos, como: empresa Dinamo, EcoBairros, Feira de Santana Rugby, Comitê da Bacia do Rio Jacuipe, Sesp, e o Partido Verde.

A partir da adesão a Rede Internacional, Feira de Santana dá o ponta-pé inicial para consolidar alguns Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, tais como: Cidades e Comunidades Sustentáveis, Ação Contra Mudança Global do Clima e Vida Terrestre.

O prefeito José Ronaldo observa que a questão ambiental é uma preocupação permanente do Governo. “A preservação das nossas nascentes e o plantio de árvores são iniciativas muito importantes para a cidade como um todo. E essa questão ambiental está relacionada a qualidade de vida das pessoas, e com a preocupação que temos que ter com o futuro.

Para o secretário de Meio Ambiente, Sérgio Carneiro, a repercussão de iniciativas como essa é muito importante. “Quando isso ganha as redes sociais, a imprensa, isso faz com que atinjamos a população de Feira de Santana e região. Queremos chamar a atenção das pessoas para o desenvolvimento auto-sustentável”, salienta.

Ele lembra qua a Fonte dos Milagres já abasteceu grande parte da cidade. “Não podemos deixá-la morrer. Esse gesto significa que além da sua preservação, nós devemos preservar todas as nascentes nesta cidade que um dia foi chamada de Santana dos Olhos D`Água”, acrescenta. A expectativa é que nos próximos anos sejam plantadas cerca de 4 mil árvores em toda a zona urbana do município.
Fonte: Acorda Cidade

Deixe seu comentário

comentários

Leave a Comment