ESCÂNDALO: Técnico de futebol é preso acusado de pedofilia

Na tarde desta segunda-feira, um treinador de futebol foi preso em Vila Velha, no Espírito Santo, pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. A acusação é de pedofilia, tema recorrente na base brasileira. A denúncia ao técnico (o blog apurou o nome do acusado, mas como a polícia não divulgou, dá apenas as iniciais, JLTP) foi feita inicialmente por cinco garotos que fizeram relatos da convivência com o profissional à polícia do Espírito Santo. Logo, o número aumentou. Um dos pais de um dos jogadores abusados, que pediu para não ser identificado, descreveu a situação da seguinte maneira (ouça o áudio acima).

Ele simplesmente prometia que, se os meninos aceitassem fazer com ele o que ele pedia, ele colocaria em clubes, fazia ele ficar. E quando o menino fazia o que ele pedia, ele falava que não podia contar para os pais, falar para ninguém, porque se não o pai ia morrer, a mãe morrer. Tinha que jurar com a mão em cima da bíblia que não podia, de forma alguma contar. E isso foram vários meninos. Foi um grupo de cinco que fez a denúncia, e aí, com esses, foram aparecendo outros que já não estão no clube mais, outros que abandonaram o futebol. É muita coisa mesmo – diz.

O clube em questão é o 138 Unidos da Vale, tradicional equipe da base capixaba que, assim que soube das denúncias, afastou o profissional da função. Há também relatos de pais de que ele usava uniforme de clubes grandes e organizava peneiras se passando por olheiro desses clubes, cobrando taxa dos pais para levar os garotos para as avaliações e os alojando em suas casas. Fonte: Globo Esporte.

Deixe seu comentário

comentários