HOMICIDO/ MORTE EM DECORRENCIA DE CONFRONTO POLICIAL

Por volta das 19:54 do dia 23/11, a guarnição de serviço em ronda em frente a faculdade de Cachoeira na UFRB ouviu alguns disparos de arma de fogo em uma residência na Travessa Almeida, número 01 cidade de CACHOEIRA ,ao desembarcar para averiguar a situação foram recebidos a tiros por dois elementos armados , e que os elementos estavam com três reféns aproximadamente. Em seguida a guarnição ligou informando do segundo confronto onde um dos elementos foi alvejado e socorrido para o hospital local onde não resistiu ao ferimentos, o mesmo estava em posse de um revólver cal. 38 com numeração suprimida, com seis cartuchos deflagrados. Na decorrência da ação, foi solicitado apoio policial ,deslocando para o local as guarnições das viaturas 2716 de São Félix, 2719 de Muritiba , PETO Alfa , o SOINT a comando do Maior Davi comandante da 27 CIPM, em seguida o PETO da 20 CIPM , CIPE e a RONDESP;o reforço ao chegar no local e manter contato com a GU ,foram informados do segundo elemento que se encontrava dentro da residência com as três reféns, ao notar a presença de várias viaturas, o outro suspeito tentou evadir da residência pulando o muro de varias casas, a guarnição ao fazer uma busca na residência foi encontrada a senhora Francisca Amorim Nogueira, 71 anos ,com várias perfurações de arma de fogo já sem sinais vitais e ao manter contato com os filhos Marcia Nogueira Matos 38 anos , Marcos Antônio Nogueira Matos 32 anos e Joseane Silva Aragão 37 anos que estavam com reféns informaram que o segundo elemento que se encontrava no casarão foi quem efetuou os disparos em sua genitora. Foi feito o cerco com a guarnição do PETO ALFA que resultou em um confronto iniciado pelo elemento que estava em posse de uma PT 380 de número QC58400 INOX ,sendo alvejado e socorrido para o hospital local onde não resistiu ao ferimentos. A ocorrência foi lavrada no Plantão Central da cidade de Santo António de Jesus . N° da ocorrência:1706700. Os meliantes foram identificados apenas como sendo FELIPE e EMERSON, porem ambos estavam sem documentos. Informações dão conta de que a dupla reside na cidade de MARAGOJIPE e já foram presos por porte de arma de fogo e por tráfico de drogas.

Fonte: ASCOM/ Leste

Deixe seu comentário

comentários