IBGE aponta a Bahia com maior aumento da desigualdade salarial no país

A Bahia foi o estado brasileiro que mais cresceu na desigualdade salarial entre 2016 e 2017. Os dados foram divulgados hoje (11) pelo nstituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

De acordo com o IBGE, o crescimento foi provocado pelo aumento nos rendimentos dos que ganham mais. O fenômeno acontece na contramão do restante do país, onde a diferença salarial se manteve consideravelmente estável.

No perído analisado, o salário médio real da metade dos trabalhadores que ganhavam menos na Bahia passou de R$ 472 para R$ 444 (-5,9%). Já o rendimento médio de trabalho dos 10% dos trabalhadores com maiores salários aumentou 31,7% e subiu de R$ 5.946 para R$ 7.833.

Fonte: Metro1.com.br

Deixe seu comentário

comentários