O Fluminense tem que mostrar eficiência e muita força de vontade’, diz Jair

Faltando poucos dias para o jogo decisivo diante do Campinense, no Estádio Joia da Princesa, pela segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D, os atletas do Fluminense buscam manter a tranquilidade acima de qualquer coisa. No entendimento dos mais experientes, domingo o time precisa manter a mesma pegada e eficiência demonstrados na partida em Campina Grande/PB na semana passada, quando o time conseguiu um empate em 1 x 1.

Para o arqueiro Jair, apontado como o grande destaque do primeiro jogo, o Fluminense precisa ser um time com duas virtudes: eficiência e vontade na partida de volta contra os paraibanos. “O jogo de domingo ficou no passado e nós temos que pensar agora no que vem pela frente porque será mais uma batalha no Joia. Temos uma pequena vantagem, mas quando a bola rolar temos que esquecer e partir para cima deles para fazer o resultado bom para gente e assim garantir a classificação”, disse Jair.

O empate em 1 x 1 para o experiente goleiro não é motivo do time entrar relaxado em campo no Joia da Princesa. “Pelo contrário: eles vão vir com tudo pela necessidade que têm de vencer e a gente precisa estar muito ligado e jogar ainda mais do que jogamos lá. É uma verdadeira guerra de nervos, onde a gente tem que ser eficiente para administrar a situação lutar para fazer um grande resultado. É por isso que trabalhamos forte, que o professor cobra da gente porque podemos fazer mais, sempre mais”, declara.

Jair lembrou que o Fluminense saiu na vantagem apenas na primeira batalha. “Nós temos ainda mais 90 minutos e com certeza serão dificílimos a exemplo do que foi ontem porque o Campinense é um grande time, tem um grande treinador e vão vender caro qualquer resultado”, disse. “É pena que Fluminense e Campinense se enfrentem agora porque pelos jogadores têm poderiam ir bem mais longe na Série D. Tenho certeza que quem passar neste confronto vai subir para a Série C porque ambos clubes fazem trabalhos de excelência para alcançar este objetivo”, complementou.

Fonte: Acorda Cidade

Deixe seu comentário

comentários