Xand Aviões diz que vida sexual melhorou após perder 20 kg

A Aviões do forró comemorou 15 anos no último sábado com direito a uma grande festa na Arena Castelão, em Fortaleza. À frente da banda desde a sua origem, o cantor Xand foi às lágrimas quando subiu ao palco para se apresentar diante de uma multidão de aviãozeiros – um dos maiores público da história da banda, estimada em 35 mil pessoas -, e foi ovacionado pela plateia.

Antes de comandar o show na “Aviões fantasy”, maior festa à fantasia do Ceará, o cantor falou ao EXTRA da emoção de continuar na banda após a saída da companheira Solange Almeida, que deixou o Aviões em 28 de fevereiro para seguir carreira solo.

O vocalista citou como um dos momentos mais marcantes o primeiro show que fez, em Natal, logo após a despedida de Sol.

“Chorei muito, não acreditei no que estava vendo, porque várias pessoas achavam que o Aviões ia acabar depois que a Sol deixou a banda. Mas quando eu vi o público ali cantando junto, eu conformei que tudo valeu a pena. E foi por isso que eu não sai do Aviões”, relembra, ainda emocionado.

Xand conta que chegou a se convidado por Sol para formar uma banda com ela fora do Aviões e admitiu que, na época, até chegou a ficar magoado com a cantora por conta da proposta.

“Ela me convidou para eu formar uma banda com ela, e eu acho que não estava no momento de acabar a Aviões. Fiquei magoado, na época, porque eu tinha certeza que eu conseguiria ficar no Aviões sozinho, tinha certeza da minha capacidade, mas isso (a mágoa) já passou”.

Para o cantor, os fãs já entenderam a saída de Solange. “Eles sentem falta de ver a gente juntos. Mas falta dela no Aviões, acho que não. Sinto falta dela pela nossa amizade, pois passamos 14 anos juntos, mas não ouvi ninguém dizer que o Aviões não está legal sem ela. Só ouço dizerem que sentem a saudade dela”.

Sucesso e novos rumos

A julgar pelo show que parou Fortaleza, Aviões segue firme no sucesso. De olho em cativar um público ainda maior, a banda criou no ano passado o evento “Aviões fantasy”, uma festa à fantasia que reuniu 15 mil pessoas. O sucesso foi tanto que teve esta segunda edição, no sábado, em comemoração aos 15 anos do grupo. Mas a ideia é não parar por aí.

“Queremos levar essa festa para o Brasil, num grande evento reunindo grandes artistas. Meu sonho é manter os Aviões por mais 10 anos. A gente conseguiu dar uma mudada no som e atrair o filho do cara que ia no meu show. Quero renovar esse público. Aviões não é mais uma banda de forró. É uma banda de forró, porque é do nordeste, mas eu canto tudo”, planeja.

Menos 20kg: ‘Estou namorando bem’

No show de sábado, teve, além da Aviões, DJs e a dupla sertaneja Matheus e Kaun, além de convidados famosos como Cleo Pires. Teve também um Xand com 20 kg a menos e mais disposição, resultado de um tratamento com um balão gástrico que colocou no ano passado.

“Minha mulher fica puxando a minha orelha para eu comer bem. Com as viagens, é mais difícil, mas quando estou em casa, me exercito, corro to dia”, conta ele, de 35 anos. A dançarina Isabele Temóteo, a mulher, também foi beneficiada com as mudanças do artista. “Tô namorando bem. Não é que tinha dificuldade antes, mas demorava mais um pouquinho”, entrega ele, aos risos.

Pais de dois filhos, o casal tem como lema não deixar o casamento cair na rotina. “A gente está junto há 13 anos, quase o tempo do Aviões. Ela era dançarina da banda, então, eu me apaixonei por ela no palco, eu cantando e ela dançando. O segredo de manter um bom casamento é que eu a vejo como a minha namorada ainda. Não deixo o relacionamento esfriar. A gente casou para namorar e sempre inventa coisas, nunca deixar cair na mesmice. Todo ano a gente tira um tempo para nós e viajamos sem os filhos. Acabamos de voltar da Grécia”, conta ele, que só exige uma coisa da amada: Não postar fotos de biquíni nas redes sociais. “Tenho ciúmes dela agora porque ela está mais exposta, tirando fotos. Mas de biquíni, eu não deixo”.

Casa para a família

Outro momento marcante na trajetória de Xand na Aviões foi quando ele deixou o Rio Grande do Norte e foi para Fortaleza tentar a vida como cantor e com apenas R$ 50 no bolso, o que equivalente para pagar a passagem. Mas isso são águas passadas. Hoje, Xand tem uma vida digna de um artista de sucesso e se orgulha de poder também ajudar a família.

“Realize todos os sonhos materiais: dei uma casa para minha mãe, pai e minha irmã. Morei de aluguel até os meus 24 anos, e o meu pai sempre dizia que a maior riqueza do homem é ter uma casa. Primeiro, eu comprei a dele, só depois eu comprei a minha”, festeja. E o que será que falta para a Aviões ter o seu próprio avião? “Queremos ter um, quem não quer? Mas ainda falta dinheiro, muito dinheiro (risos)”, diz. Ou seja, para alegria dos fãs, mais muitos anos de estrada.

 

Fonte: IBahia

Deixe seu comentário

comentários