Clube alagoano da 2ª divisão tenta receber parte da venda de Marinho para a China

Um dos formadores do atacante Marinho, o pequeno Penedense, da 2ª divisão de Alagoas, está reinvindicando a sua parte da venda do jogador para o futebol chinês. O Changchun Yatai, da China, pagou cerca de R$ 17 milhões para tirar o atleta do Vitória. O clube alagoano tem direito a receber 0,5% da transação, que seria R$ 85 mil, uma fortuna para a agremiação, como diz o presidente, Valdemir Alves, em entrevista ao site GloboEsporte.

 

“A gente fica na luta, qualquer centavo que entre é bem-vindo. A verba do Marinho eu pretendo investir no estádio [Alfredo Leahy]. Já iniciamos os trabalhos de melhoria nas cabines de imprensa, estamos pavimentando a entrada do estádio e tomando algumas providências para atender às exigências dos laudos necessários para disputar a Segunda Divisão. Temos até o dia 31 de agosto para poder apresentar os laudos exigidos e jogar a Segunda Divisão aqui em Penedo”, afirmou.

 

Para receber a quantia, o Pedense está em processo de comprovação de que o jogador passou pelo clube. Pelos registros da equipe, Marinho jogou entre 2004 e 2006, antes de ir para o Fluminense. Ele tinha 17 anos quando foi para o Tricolor carioca.

 

“Eu falei com o advogado, e a gente está aguardando a CBF passar o passaporte para o advogado para que ele possa fazer os trabalhos no processo [de liberação dos recursos]. Quanto mais tempo a gente tiver como clube formador do atleta, mais recursos temos direito. É justamente isso que o passaporte da CBF vai comprovar. Mas time pequeno, você sabe como é. Se fosse grande, com 15 dias já tinha saído. Time pequeno sofre. A gente está se humilhando, pedindo ao pessoal do [setor de] registro da CBF. Recentemente, eu fui orientado a encaminhar uma declaração para o Marinho, para ele assinar e nos devolver, confirmando que ele foi atleta do Penedense. Assim, reforça a comprovação da passagem dele pelo nosso clube e também ajuda mais para viabilizar a liberação desse recurso”, explicou Valdemir.

 

Além do Pedense, Fluminense e Vitória, Marinho também vestiu as camisas do Internacional, Caxias-RS, Paraná, Goiás, Ituano, Náutico, Ceará e Cruzeiro.