ʹAirbags mortaisʹ equipam em 1 milhão de carros no Brasil

Mais de 1 milhão de veículos brasileiros possuem os chamados “airbags mortais”, fornecidos pela fabricante japonesa Takata. Os equipamentos defeituosos abrem com tanta força a ponto de atirar pedaços de metal nos passageiros.

Apesar da falha dos dispositivos só ter se tornado pública em 2013, uma investigação dos Estados Unidos indica que as montadoras sabiam do defeito 10 anos antes. O erro começou a ser associado a mortes em 2014.

Segundo o Auto Esporte, o escândalo foi o maior recall da história, envolvendo mais de 30 milhões de veículos de diversas marcas. No Brasil, mais de 2 milhões de carros foram convocados para a troca do insuflador – peça defeituosa, nos últimos cinco anos. O chamado mais recente foi feito no mês passado pela Ford. Grande parte dos recalls foi feita pelas também japonesas Honda e Toyota.

Apesar do conserto ser gratuito, o índice de atendimento sequer chegou a 50% do carros convocados. Isso significa que apenas cerca de 800 mil proprietários tiveram o problema reparado.

publicidade

por Metro1

Deixe seu comentário

Comentarios