João Santana e Mônica Moura vão cumprir prisão domiciliar após acordo de delação

Os marqueteiros João Santana e Mônica Moura cumprirão prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica, após firmar acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. O casal ficará preso na Bahia, onde mora atualmente.

Nesta terça-feira (18), os dois prestaram depoimento ao juiz Sergio Moro, em que confirmaram o recebimento de caixa dois pelas campanhas dos ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, de acordo com a colunista Andréia Sadi.

Na próxima segunda-feira (24), os marqueteiros vão prestar depoimento no Tribunal Superior Eleitoral, no processo de possível cassação da chapa Dilma-Temer.

por Bahia Notícias

Deixe seu comentário

Comentarios