Radialista pombalense é submetido a transplante de fígado

O radialista Joilson Costa, ex-colaborador da Rádio Povo, foi submetido a um transplante de fígado na última terça-feira (06/02), em Fortaleza/CE. Confira o depoimento dele:

“Descobrir que precisava fazer urgente transplante fígado no mês que completei 60 anos (agosto 2017), senão morreria em breve. Um médico chegou a me dizer, ”mais um ano ou pouco mais de vida”. As decisões tiveram que ser rápidas: São Paulo ou Fortaleza? A família decidiu Fortaleza. Exames em Ribeira do Pombal, Aracaju e Fortaleza (particulares e pelo SUS). Tinha pressa. Estive em Fortaleza em setembro e parte de outubro, retornei em novembro, voltei a minha terra, passei o final de ano em Ribeira do Pombal.

Final de janeiro 2018 recebo a ligação de que já estava nos primeiros da lista e tinha que está em Fortaleza, pois a qualquer momento o meu novo fígado apareceria. Na quinta-feira, 1 de fevereiro, sou convocado para o Hospital São Carlos, que tinha o órgão que estava a minha disposição. Veio do Paiuí de avião, e era de uma senhora de 32 anos. Foto acima dos médicos que operaram, no momento que me deram alta do hospital na sexta-feira, 9 de fevereiro 2018.

A cirurgia durou sete horas, passei dois dias na UTI, depois mais seis na enfermaria. Tudo ocorreu na normalidade de uma cirurgia de grande porte. Graças a Deus e agora estou com minha esposa Edinalva no apartamento que vamos morar por mais ou menos quatro meses em Fortaleza. Repouso e obediência, são as regras de agora em diante.

Posso me considerar um privilegiado. Toda a sistemática de transplante do país é controlado pelo SUS em Brasília. Obrigado minha família, amigos, colegas de trabalhos e ouvintes do Rádio Revista e Pinga-Fogo, Rádio Pombal FM, pelas orações e os pensamentos positivos. Breve, se Deus quiser, voltando para a minha querida terra de SANTA TEREZA.”

publicidade

por Joilson Costa

Deixe seu comentário

Comentarios