Senado aprova proibição de cobrança para marcação de assento em avião

Os senadores aprovaram em votação simbólica um projeto que proíbe que as companhias aéreas cobrem pela marcação antecipada de assentos em voos. O texto segue para a análise da Câmara.

Caso aprovada pelos deputados e sancionado pelo presidente, a escolha dos lugares vai ser obrigatoriamente gratuita. O descumprimento da regra implicará em multa.

De autoria do senador Reguffe (sem partido-DF), o projeto não estava na pauta de votação de hoje (8) do plenário e, por tal motivo, dependia de análise de comissão técnica do Senado.

por Metro1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*