‘Tem que ganhar’, diz Tite sobre Copa América

O técnico Tite admitiu sexta (2) que a seleção brasileira tem a obrigação de ganhar a Copa América, que vai ser disputada em junho de 2019 no Brasil. O treinador disse, entretanto, que não altera o processo natural de renovação da equipe pela necessidade de levar a competição.

“Tem que ganhar. Tem que estar sempre assim. A seleção brasileira te exige isso. Não sou nenhum puritano, nem Poliana, para não saber que é preciso ter desempenho e resultado. Resultado antes de desempenho”, disse o treinador, em entrevista ao canal SporTV. “Sempre vou ficar atento ao desempenho porque aumenta a possibilidade de vencer”, completou.

Para Tite, a obrigação de vencer em casa também tem relação com o desempenho da seleção canarinha na Copa do Mundo da Rússia – o Brasil foi eliminado pela Bélgica nas quartas de final.

O chefe da seleção disse ainda que a Copa América não vai alterar o processo de renovação do time na busca da Copa de 2022. “Tem necessidade [de resultado], mas tem antes a busca do desempenho. Vai ter goleiro saindo jogando, vai ter saída com sete, que é a saída sustentada, vai ter uma ideia de construção com bola chegando no Neymar pelo chão, não pelo alto. Por que é da qualidade deles. Se vier a ganhar, ótimo. Mas vou correr o risco de perder e ser demitido, sim”, disse.

por Metro1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*